quarta-feira, Agosto 13, 2014

Quantos Garay vale um Mangala?

Passe do Francês dava para comprar 12 Garay's
A resposta é simples: o valor que Mangala rendeu ao Porto daria para comprar 12 Garay's ao Benfica. Os seis milhões que o central argentino custou ao Zenit, renderam apenas 2,4 Milhões ao Benfica, que só tinha 40% do passe. Já Mangala, rendeu aos cofres do Porto 30,5 Milhões de euros, correspondentes a 56,67% do passe do central francês, detidos pela SAD portista.
Curiosamente, hoje um dos vice-presidentes do clube da Luz aludia ao facto do Porto ficar com "pequenas partes dos passes dos futebolistas"...
É caso para perguntar o que teria acontecido se Mangala tivesse ido para o Benfica:

domingo, Agosto 03, 2014

Silly Season - Defeso


A motivação que faltava a Markovic

Rodrigo "cara-de-pau"...
A "cadeira de sonho" de Rodrigo
O mito "Talisca"
Empréstimo dum jogador já vendido
A novela Oblak
Grandes jogadores apontados á Luz...
Prestigio do Benfica cai na lama...
Bye, bye Licá
Lim, o Salvador!

segunda-feira, Fevereiro 10, 2014

The Lion King


Hakuna Matata...

domingo, Fevereiro 09, 2014

Treinador: treina a dor!

Até quando estes dois vão sorrir?

A estreia de Paulo Fonseca e David Moyes à frente das suas equipas está a ser, no mínimo, contrangedora. Apetece-me citar aqui o grande Abel Xavier, mais um incompreendido do mundo do futebol: UM
"TREINADOR... TREINA-A-DOR..." - Abel Xavier, ex-teinador do Olhanense
A palavra explica, de facto, muito do que se tem visto esta época no Dragão e em Old Trafford...

Filho de peixe...

Gonçalo Paciência

domingo, Fevereiro 02, 2014

Família de Ronaldo em Bilbau

 
 
 
Indubitavelmente: boom, boom, boom sem parar...

terça-feira, Janeiro 28, 2014

A melhor capa

Nunca um Mimo disse tanto!
Numa semana em que o grande tema parecem ser os 3 minutos de atraso do jogo do Porto, o jornal ABola tem hoje uma capa que entra diretamente para a galeria dos prémios Pulitzer: aproveitando uma campanha publicitária, pode ver-se o Mimo a mandar calar, em tons de azul, o verde boicote, em cima, enquanto o fantasma de Aimar parece muito atento ao que tem a dizer tão serena figura dos filmes mudos.

Depois dum fim de semana em que o tempo de antena dado a Bruno Carvalho fazia lembrar os longos serões non-sense de Monty Phyton, o jornal soube traduzir em imagem aquilo que mutia gente tem a dizer sobre este triste espetáculo: calem-se e joguem á bola senhores.

Ora jogar, á bola, foi aquilo que fizeram Marítimo e Penafiel, contra Porto e Sporting, e como diz Miguel Sousa Tavares neste jornal, se alguém merecia ter passado seria o Marítimo, que fez no Dragão uma exibição de gala, e Penafiel, que mostrou ser uma equipa que pode dar cartas esta época, a começar pelo próximo jogo para a Taça de Portugal...

Tudo o resto é mediocre demais para perdermos tempo, e o senhor da voz rouca deveria perceber a mensagem do Mimo: cale-se e deixe de dizer parvoíces. Será que ninguém lhe explica que a probabilidade de dois jogos que comecem á mesma hora, na segunda parte, terminarem no mesmo minuto é igual á probabilidade do Planeta Terra ser quadrado?

domingo, Janeiro 26, 2014

Taça dos Talhos

     Aquela que era depreciativamente apelidada de «Taça Lucílio Baptista» estava a precisar de uma reformulação urgente pois estava a ficar demasiado credível para quem urdia o Sistema futebolístico do Tugão. Vai daí, o árbitro pretensamente benfiquista e dono de uma rede de talhos, para evitar sair do Dragão pendurado num gancho, assinala grande penalidade tão lícita quanto o rabo da Andressa Urach...
         E depois da Taça da Cerveja, temos agora a Taça da Carne ou, se preferirem, a Taça da Fruta...E, com tamanhas alcunhas, não sei porque é que Mário Figueiredo tem tanta dificuldade em arranjar patrocinadores: basta telefonarem ao Chakall e colocarem os jogos desta competição em transmissão na Sic Mulher...